O grupo interinstitucional NEVE tem como principal objetivo o estudo e a divulgação da História e cultura da Escandinávia Medieval, em especial da Era Viking, por meio de reuniões, organização de eventos, publicações e divulgações em periódicos e internet. Conta com a colaboração de professores, pós-graduandos e graduandos de diversas universidades brasileiras, além de colaboradores estrangeiros. Filiado à ABHR (Associação Brasileira de História das Religiões). Registrado no CNPQ. Contato: neveufpb@yahoo.com.br

segunda-feira, 20 de julho de 2015

NEVE EM EVENTO DE MINAS GERAIS

 
O historiador Ricardo Menezes (PPGCR-UFPB), membro do NEVE, participou da 28a. edição do Congresso internacional da Soter, Sociedade de Teologia e Ciências da Religião na PUC de Belo Horizonte.
 
Na ocasião, ele apresentou o trabalho "A arte e a literatura da religiosidade viking", integrante do GT: Religião, arte e literatura, sob coordenação do professor Alex Villas Boas.
 
 
 
Foto de Ricardo Menezes.


Resumo:
A complexa religiosidade dos povos vikings apresenta um rico e fascinante conjunto de crenças, mas, mesmo com a crescente ampliação nos estudos escandinavos nacionais, é um objeto pouquíssimo pesquisado no Brasil. Sendo assim, o que seria preciso para se investigar este grupo religioso medieval? Quais fontes são utilizadas para se conhecer a cosmologia viking? Ainda que os povos escandinavos medievais tenham sido conhecidos ao longo do tempo pela figura do bárbaro selvagem e incivilizado, a realidade histórica e cultural deste povo foi bastante diferente. De sua sociedade em ascensão após o declínio romano, a arte local desenvolveu-se em vários estilos, chegando ao ponto de exportar tendências. Reinos se desenvolveram e, junto deles, a valorização dos escaldos, ampliando ainda mais sua rica cultura poética. Deste modo, durante a Era Viking e períodos próximos, tanto as produções artísticas de joias, móveis e monumentos, como as narrativas de heróis, reis e mitos, estão recheadas de elementos religiosos. Símbolos e seres sagrados são elementos comuns destas produções. Esta comunicação visa elencar as principais obras artísticas e literárias e demonstrar como elas podem dialogar entre si, desenhando o perfil religioso dos “Homens do Norte”. Como referencial teórico, seguiremos a Nova Escandinavística, linha teórica-metodológica de renomados pesquisadores da sociedade nórdica antiga e medieval, utilizaremos estudos de pesquisadores consagrados da Escandinavística Nacional e Internacional, como Johnni Langer, Birgit Sawyer e Hilda Davidson.
                                                                                                              
Palavras-chave: Era Viking – Religiosidade – Fontes – Literatura – Arte