O grupo interinstitucional NEVE tem como principal objetivo o estudo e a divulgação da História e cultura da Escandinávia Medieval, em especial da Era Viking, por meio de reuniões, organização de eventos, publicações e divulgações em periódicos e internet. Conta com a colaboração de professores, pós-graduandos e graduandos de diversas universidades brasileiras, além de colaboradores estrangeiros. Filiado à ABHR (Associação Brasileira de História das Religiões). Registrado no CNPQ. Contato: neveufpb@yahoo.com.br

sábado, 31 de janeiro de 2015

SEXUALIDADE E MITOS NÓRDICOS SERÁ TEMA DE CURSO NA UNESP





Odin e Gunnlod, arte contemporânea anônima.


Um tema cada vez mais presente nos estudos nórdicos é a questão da sexualidade presente na mitologia, especialmente as aventuras amorosas dos deuses e as gigantas (como Odin e Gunnlod e Freyr e Gerd). Com a finalidade de introduzir essa e outras questões culturais na Escandinávia Pré-cristã, será ministrado o mini-curso Identidades e Sexualidades da Era Viking e Mitologia Nórdica, pelo prof. Dr. Johnni Langer, na cidade de Assis, como parte das atividades do VI CIEAM( Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais), promovido pela UNESP. O evento ocorrerá de 15 a 18 de junho de 2015 e as inscrições de ouvintes podem ser realizadas aqui. (até 16 de junho).


Identidades e Sexualidades da Era Viking e Mitologia Nórdica
Prof. Dr. Johnni Langer (UFPB/NEVE)

Resumo: O tema da sexualidade na Escandinávia da Era Viking tem recebido ampla divulgação midiática por meio do sucesso da série televisiva Vikings do History Channel. O propósito básico deste curso é fornecer elementos analíticos para o estudo das práticas sexuais tanto no mundo nórdico quanto da Europa Setentrional na Alta Idade Média. Nossas principais fontes primárias são as obras de Saxo Grammaticus, Snorri Sturlusson e as inúmeras sagas islandesas. Também analisaremos a sexualidade escandinava presente nos mitos, preservados essencialmente na Edda Prosaica e Edda Poética, ambos datadas no século XIII. Para a Era Viking, utilizaremos inscrições rúnicas e imagens disponíveis em monumentos pintados da ilha de Gotland. Como principal metodologia utilizaremos as pesquisas de Judith Jesch, Carol Clover, Gro Steinsland, Dorian Knight entre outros acadêmicos.



Conteúdo programático:
1.1 A sexualidade na Escandinávia da Era Viking
1.2 A hierogamia I: o poema Skírnismál
1.3 A hierogamia II: o poema Hávamál
 

Bibliografia:
Clover, Carol J. Regardless of Sex: Men, Women, and Power in Early Northern Europe, Studying Medieval Women. ed. Nancy F. Partner. Cambridge: Medieval Academy of America. 1993. pp. 61-85.

GUELPA, Patrick. La saga de Gunnlöd, roman mythologique? Germanica 10, 1992, pp. 2-10.
Jacobsen, Grethe. Sexual Irregularities in Medieval Scandinavia. In: Sexual Practices and the Medieval Church. eds. Vern L. Bullough and James Brundage. Buffalo: Prometheus Books. 1982. 72-85.
Jochens, Jenny M. The Church and Sexuality in Medieval Iceland. Journal of Medieval History 6 (1980): 377-392.
Jochens, Jenny M. The Illicit Love Visit: An Archaeology of Old Norse Sexuality, JHS 1 (1991): 357-392.
Karras, Ruth M. Concubinage and Slavery in the Viking Age, Scandinavian Studies 62 (1990): 141-162.

KVILHAUG, Maria. The maiden with the mead: a goddess of initiation in norse mythology? Dissertação de Mestrado em História das Religiões, Universidade de Oslo, 2004.
Phelpstead, Carl. Size Matters: Penile problems in saga of Icelanders. Exemplaria 19(3), 2007, pp. 420-437.

STEINSLAND, Gro. Origin myths and rulership. From the Viking age Ruler to the Ruler of Medieval Historiography: Continuity, Transformation and Innovations. In: STEINSLAND, Gro et al. (Orgs.). Ideology and power in the Viking and Middle Ages Scandinavia, Iceland, Ireland, Orkney and the Faeroes. Boston: Leiden, 2011, pp. 15-68.
Williams, Mary W. Social Scandinavia in the Viking Age. 1920; New York: Kraus Reprint Co., 1971.