O grupo interinstitucional NEVE tem como principal objetivo o estudo e a divulgação da História e cultura da Escandinávia Medieval, em especial da Era Viking, por meio de reuniões, organização de eventos, publicações e divulgações em periódicos e internet. Conta com a colaboração de professores, pós-graduandos e graduandos de diversas universidades brasileiras, além de colaboradores estrangeiros. Filiado ao The Northern Women’s Art Collaborative (Universidade de Brown, EUA) e
à ABHR (Associação Brasileira de História das Religiões). Vinculado ao Programa de Pós Graduação em Ciências das Religiões da Universidade Federal da Paraíba. Registrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPQ. Contato: neveufpb@yahoo.com.br


domingo, 1 de junho de 2014

GRUPO NEVE COMPLETA QUATRO ANOS

O grupo interinstitucional NEVE foi criado em junho de 2010 e tem por principal objetivo o estudo e a divulgação da História e cultura da Escandinávia da Era Viking e medieval, por meio de reuniões, organização de eventos, publicações e divulgações em periódicos e internet. Conta com a colaboração de professores, pós-graduandos e graduandos de diversas universidades brasileiras. A criação do NEVE tenta compensar a escassa produção e interesse acadêmico em nosso país pela temática, proporcionando uma maior solidez para os futuros pesquisadores.

DECLARAÇÕES SOBRE O NEVE DE MEDIEVALISTAS BRASILEIROS:

"O vertiginoso crescimento, nas últimas décadas, dos estudos medievais no Brasil é fruto, entre outros aspectos, dos esforços e da dedicação de estudantes e de profissionais de diversas regiões do país, que se congregam em laboratórios e núcleos de pesquisas diversos votados à pesquisa e à divulgação do conhecimento daquela "fatia de duração do tempo" entre nós. Como membro de um deles, o Translatio Studii, gostaria de congratular-me aqui com o Prof. Johnni e com todos os membros que fazem, cotidianamente, o NEVE, grandes responsáveis pela promoção dos estudos das sociedades medievais escandinavas em nosso país. Coube ao NEVE, podemos afirmar, sem lugar à dúvida, fazer aportar em plagas brasileiras a vigorosa experiência histórica das sociedades nórdicas medievais, agora com registros inequívocos, de forma perene e, faço votos, na mais longa e efetiva duração!"
Prof. Dr. Mário Jorge da Motta Bastos - Niterói - UFF


"O trabalho realizado pelo NEVE em prol do conhecimento, análise e difusão dos saberes sobre as sociedades e a história dos nórdicos refletem uma faceta pouco conhecida dos estudos medievais, que começou a ser iluminada há alguns anos atrás e é digna de menção e elogio. Auguramos a sequencia e a manutenção dos resultados e do sucesso que este grupo amealhou nos seus anos de existência."
Prof. Dr. Sergio Alberto Feldman - Vitória - UFES


"Parabéns ao NEVE pela sua existência. Sob a coordenação do Prof. Dr. Johnni Langer (UFPB) consolida-se um espaço institucional acadêmico destinado aos estudos nórdicos e escandinavos , fruto de longo e árduo trabalho empreendido pelo referido pesquisador. Publicações, eventos e blog são ferramentas mais que úteis para a divulgação da contribuição ímpar daquelas culturas. Que o prof. Johnni e os estudiosos ao seu redor ampliem ainda mais a sua esfera de atuação – queiram os deuses de Asgard!"

Prof. Dr. Álvaro Bragança Júnior - Rio de Janeiro - UFRJ

"O NEVE representa para mim uma oportunidade única no Brasil de estimular não somente os estudos sobre os vikings mas sobre o mundo germânico antigo e medieval. Um local para se trocar ideias de maneira completamente diversa a que estamos acostumados na vida acadêmica, e onde o conhecimento é verdadeiramente construído com a contribuição do grupo. Assim, deixa uma marca indelével em quem participa de suas reuniões e eventos. Deixa também marcas importantes na pesquisa e alcança um lugar merecido no panorama acadêmico nacional, finalmente colocando os estudos germano-escandinavos em pauta. Parabéns NEVE."

Prof. Ms. Sandro Teixeira Moita - Escola de Comando e Estado Maior-do Exército (ECEME)


"Venho por meio de este depoimento agradecer a oportunidade de participar dessa grande família a qual intitulamos abreviadamente NEVE. Grupo que tem como sua principal batalha estender o conhecimento de Idade Media da academia brasileira, abrangendo assim nossos esforços para a difusão de estudos sobre uma sociedade e uma cultura ainda pouco explorada, a Nórdica. Lembro-me aqui ainda de meus primeiros contatos com membros do futuro grupo em meados de 2009 durante o “II colóquio de estudos Celtas e Germânicos: oralidade e literatura” ocorrido na UFF, na época me encontrava com 19 anos e pretendia dar inicio a minhas pesquisas sobre os Vikings, além de que buscava entender aspectos simples da vida de um historiador como a detecção de uma fonte. O estudo sobre a cultura nórdica medieval a partir de 2009 cresceu espantosamente e as publicações em português se tornaram cada vez mais vastas, junto destas se revelou a cada dia novas facetas que auxiliam na compreensão da Idade Media como um período de grande diversidade e riquezas culturais, facetas que sempre foram acompanhadas de um derrubar de estigmas como os da Idade das trevas e principalmente o dos povos Vikings como bárbaros, sanguinários e primitivos. Concluo assim que no aniversario de quatro anos de nosso grupo alcançamos grandes objetivos como a difusão de novos conhecimentos e a proliferação de novos pesquisadores, portanto posso dizer que me alegro por fazer parte junto ao NEVE do fortalecimento de novas fronteiras medievais na academia brasileira."
Prof. Ms. Munir Lutfe Ayoub - São Paulo - NEVE. 


UMA RETROSPECTIVA DAS ATIVIDADES DO NEVE

Nestes quatros anos de existência o NEVE co-organizou um evento internacional (III Simpósio Internacional de Estudos Celtas e Germânicos, 2010) e um nacional (I Colóquio de Estudos Vikings e Escandinavos, UFF, 2012), promovendo o intercâmbio e o debate entre os estudantes e professores interessados nos estudos nórdicos.

   


O grupo foi responsável pela edição de seis boletins (Notícias Asgardianas), com a publicação de pesquisas e atualidades da área.

     


Também neste período, diversos membros realizaram a publicação de livros, artigos, resenhas e participações em eventos medievalistas e historiográficos, permitindo a divulgação das atividades do grupo (para ver essa produção, clique aqui).
Na internet, o grupo mantém a página de um blog informativo (com mais de 28 mil acessos); a página do boletim Notícias Asgardianas; o grupo no facebook  e uma página no facebook.
Para outubro de 2014, o NEVE prepara a segunda edição do seu evento, o II Colóquio de Estudos Vikings e Escandinavos, a ser realizado em outubro na UFPB.