O grupo interinstitucional NEVE tem como principal objetivo o estudo e a divulgação da História e cultura da Escandinávia Medieval, em especial da Era Viking, por meio de reuniões, organização de eventos, publicações e divulgações em periódicos e internet. Conta com a colaboração de professores, pós-graduandos e graduandos de diversas universidades brasileiras, além de colaboradores estrangeiros. Filiado à ABHR, VIVARIUM e ABREM. Registrado no CNPQ. Contato: neveufpb@yahoo.com.br

terça-feira, 19 de março de 2013

Jovens escandinavistas apresentam seus trabalhos em eventos


Um nova geração de medievalistas e escandinavistas vem se destacando pela sua presença cada vez maior em eventos acadêmicos, constituída tanto de graduandos quanto de pós-graduandos. As pesquisas versam sobre os mais variados temas, do imaginário artístico contemporâneo até fontes primárias como sagas e crônicas.
O mestrando Munir Lutfe Ayoub (PUC-SP/Núcleo de Estudos Vikings e Escandinavos) apresentou a comunicação "A datação do início das realezas do período Viking" durante o VIII Encontro Regional da ANPUH, 24 a 27 de julho de 2012 em Mariana. O trabalho pode ser conferido em: http://www.encontro2012.mg.anpuh.org/resources/anais/24/1339777379_ARQUIVO_AdatacaodoiniciodasrealezasdoperiodoViking.pdf

Também os membros do VALKNUT, grupo de estudos vikings da UFC participaram do II Seminário de Estudos Medievais da Paraíba, 11 a 13 de junho de 2012 na UFPB, cujos anais podem ser acessados em: https://www.dropbox.com/s/e2txjm02k0l1uj2/ANAIS%20GIEM.pdf


Entre os trabalhos do VALKNUT, destacam-se: HELGA E HONI: A FORÇA FEMININA NOS QUADRINHOS DE “HÄGAR, O HORRÍVEL”, de Elvio Franklin Menezes Teles Filho; AS VALQUÍRIAS NO IMAGINÁRIO VIKING, de João Paulo Garcia Teixeira; SUTIÃ DE AÇO: A REPRESENTAÇÃO DA MULHER GUERREIRA NO FILME COMO TREINAR SEU DRAGÃO, de Ricardo Wagner Menezes de Oliveira; O CÁLICE DO DIABO: A FIGURA DE SATÃ NAS MULHERES MEDIVAIS EUROPEIAS, de José Lucas Cordeiro Fernandes.

Nos mesmos anais, também participam os membros de outro grupo, o NEMIS, Núcleo de Estudos de Mitologias, com os trabalhos: ÉOWYN OU DERNHELM. UMA ANALISE DO ESTEREÓTIPOS DA MULHER GUERREIRA NAS OBRAS DE J. R. R. TOLKIEN, de Adhemar Correa Neto e Alessandro Lima Moraes, RED SONJA: A MULHER GUERREIRA NA ERA HIBORIANA, de Adriano Everton; UMA ANÁLISE DA INFLUÊNCIA FEMININA NAS GUERRAS GERMÂNICAS DO IMPÉRIO ROMANO À ERA VIKING, de Gustavo Braga Santos; ENTRE A AGULHA E A ESPADA: AS MULHERES GUERREIRAS NAS CRÔNICAS DE GELO E FOGO, de Jackson Franco de Sá Monteiro; REPRESENTAÇÕES DAS AMAZONAS NA IDADE MÉDIA, de Marília Colins; FEIA, FORTE E BOA DE BRIGA: AS REPRESENTAÇÕES DE BRITES DE ALMEIDA, A VALENTE PADEIRA DE ALJUBARROTA, NO IMAGINÁRIO PORTUGUÊS, de Michel Roger Boaes Ferreira.