O grupo interinstitucional NEVE tem como principal objetivo o estudo e a divulgação da História e cultura da Escandinávia Medieval, em especial da Era Viking, por meio de reuniões, organização de eventos, publicações e divulgações em periódicos e internet. Conta com a colaboração de professores, pós-graduandos e graduandos de diversas universidades brasileiras, além de colaboradores estrangeiros. Filiado à ABHR, VIVARIUM e ABREM. Registrado no CNPQ. Contato: neveufpb@yahoo.com.br

sexta-feira, 13 de março de 2015

GRÍMNISMÁL É TRADUZIDO AO PORTUGUÊS





Uma das mais importantes fontes para o estudo da mitologia nórdica, o poema éddico Grímnismál, acaba de ser traduzido do nórdico ao português. Trata-se da primeira tradução acadêmica desta narrativa, realizada pelo historiador Pablo Miranda (professor de História Antiga na UFRN, membro do NEVE) e publicada na revista eletrônica Roda da Fortuna em sua última e recente edição. 


Fotografia do manuscrito original do poema Grímnismál


O Grímnismál, ou Os Ditos de Grímnír, é um poema éddico que narra um monólogo do deus Óðinn no qual revela detalhes cosmológicos e mágicos relevantes à mitologia escandinava. O poema pode ser encontrado no manuscrito GKS 2365 4toO poema em questão possui 54 estrofes, uma introdução e um colofão, sendo composto por volta do ano 1000 e integra a coleção de poemas islandeses medievais a qual chamamos de Edda Poética. A obra narra o cativeiro do deus Óðinn no reino de Geirrøðr e diz respeito a muito do que sabemos da cosmologia nórdica pré-cristã. Além da tradução, o texto contém uma introdução documental e um posfácio analítico, concedendo alguns aspectos investigativos e bibliográficos sobre este documento e a mitologia nórdica.



A tradução pode ser acessada clicando aqui.